terça-feira, 29 de julho de 2014

FBC chama proposta de João Paulo de “Hegemonia Burra”


es
O candidato ao senado pela Frente Popular por Pernambuco, Fernando Bezerra Coelho (PSB) criticou uma fala dada pelo seu adversário na disputa eleitoral nesta terça-feira (29). Em debate realizado entre os postulantes ao cargo de senador, João Paulo (PT) defendeu sua eleição afirmando que seria bom para Pernambuco que seus três senadores apoiassem os governos federal e estadual. “Isto é uma hegemonia burra”, afirmou o socialista.

Marília Arraes realiza primeiro ato público na campanha de Armando Monteiro


unnamed
Depois de abandonar o barco socialista, a vereadora do Recife, Marília Arraes, participou, nesta terça-feira (29), em Palmares, do seu primeiro ato público na campanha do candidato a governador Armando Monteiro da Coligação Pernambuco Vai Mais Longe.
A vereadora Marília Arraes afirmou ter ficado muito feliz com o fato da sua primeira agenda pública na campanha ter sido no município.
“Percorri lugares, por onde passei toda a minha vida. Fomos muito bem recebidos por amigos como o ex-prefeito de Palmares, Chiquinho, e o presidente da Câmara dos Vereadores, Luciano Júnior. Isso, para mim, mostra que estamos no caminho certo e que Pernambuco Vai Mais Longe”, disse.
Marília Arraes oficializou apoio à coligação Pernambuco Vai Mais Longe no dia 18 de julho. A vereadora do Recife estava vestida com uma camisa vermelha, cor usada pelo Partido dos Trabalhadores.

Justiça de Mato Grosso mantém condenação de R$ 2 milhões à Friboi Decisão foi contra irregularidades trabalhistas em unidade da empresa

O Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso (TRT-MT) manteve a condenação ao grupo frigorífico JBS, detentor da marca Friboi, em R$ 2 milhões por excesso de jornada e por falta de medidas de segurança no ambiente de trabalho em uma unidade da empresa situada no município de Juruena. A ação civil pública foi ajuizada em 2012 pelo Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) depois da constatação de irregularidades no local, que mantém 220 empregados.
Além da indenização por danos morais coletivos, estão previstas multas que vão de R$ 5 mil a R$ 30 mil. Ao longo da investigação, foram comprovadas a exigência de jornada superior a dez horas diárias - inclusive em atividades insalubres -, a falta de indicação de riscos no Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) e no Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), além do não fornecimento de equipamentos de proteção individual (EPIs).
Informações obtidas no site do TRT-MT mostram que tramitam na Justiça do Trabalho cerca de 35 mil reclamações trabalhistas contra empresas do setor. Dessas ações, quase 19 mil são contra o JBS. O grupo é o maior produtor de proteína animal do mundo e segunda maior empresa privada do Brasil, com 125 mil funcionários e uma receita bruta estimada em cerca de R$ 100 bilhões.                                       Fonte Folha PE

Pacientes são flagrados sendo atendidos no chão do setor de emergência do Procape Imagens foram registradas nesta segunda e terça. Um dos homens aparece entubado

Pacientes - um deles entubado - são atendidos no chão do setor de emergência do Procape
Dois pacientes do Pronto-socorro Cardiológico Universitário da Universidade de Pernambuco (Procape-UPE) foram flagrados sendo atendidos no chão do setor de emergência da unidade. As imagens, registradas nesta segunda e terça-feira, mostram dois homens – um deles entubado – com vários eletrodos distribuídos pelo corpo. Os homens não tiveram os nomes nem as idades identificadas. Segundo denúncia feita ao Portal FolhaPE, o hospital enfrenta sérios problemas de falta de leitos na emergência, o que prejudica o atendimento de pacientes com estado de saúde mais graves.

Após verificar as imagens, a reportagem procurou o chefe de emergência do Procape, Pedro Cazé, que lamentou o ocorrido e admitiu as dificuldades enfrentadas pela unidade. “É uma situação extremamente desagradável, que nos expõe muito”, explicou Pedro, acrescentando que quando chegou ao local os pacientes já não estavam mais no chão. Ele admitiu ainda a ausência de estrutura física que suporte a quantidade de pacientes que procuram atendimento diariamente. “As imagens são reflexo do paciente que chega aqui na condição crítica, que deveria ser atendido numa maca, mas todas estão ocupadas”, lamenta o médico.

População do Grande Recife enfrenta novamente dificuldades na volta para casa Dos poucos ônibus que trafegavam, passageiros se espremiam dentro dos veículos

co
Na praça do Derby, a movimentação de passageiros era grande, mas não houve registro de tumultos
A população da Região Metropolitana do Recife (RMR) voltou a enfrentar dificuldades no retorno para casa, nesta terça-feira (29), segundo dia de greve dos rodoviários. A exemplo do primeiro dia de paralisação, poucos ônibus e passageiros foram vistos nas ruas da Capital pernambucana. Dos coletivos que passavam, os passageiros se espremiam para conseguir se acomodar nos veículos. Até as 19h30, o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros no Estado de Pernambuco (Urbana-PE) ainda não havia divulgado o balanço com o número de ônibus que estavam em circulação no início da noite.

Na praça do Derby, local por onde circulam dezenas de linhas da RMR, a movimentação de passageiros era grande, por volta das 18h30, mas não houve registro de tumultos. A espera pelo ônibus, no entanto, colocou a paciência da população mais uma vez à prova. Que o diga a empregada doméstica Élida Maria Dantas, de 25 anos, que aguardava o coletivo da linha Tóto há mais de uma hora. “Sai mais cedo do trabalho para tentar pegar o ônibus, mas não teve jeito”, lamentou.
    Quem também foi prejudicado com a greve dos rodoviários foram os usuários do sistema BRT, que teve o funcionamento suspenso. Morador do bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, o analista de sistemas Wilson Magalhães é um dos passageiros que foram afetados. “Saí mais cedo do trabalho, para tentar pegar o ônibus vazio, mas não consegui”, explica Wilson, que aguardava por um ônibus da linha convencional para chegar em casa.

    Expedito Lima/Folha de Pernambuco
    Élida precisou esperar pelo ônibus por mais de 1h
    A reportagem também esteve no Terminal Joana Bezerra – um dos mais movimentados da Capital - acompanhando a movimentação da volta para casa. Diferente de ontem, quando os passageiros reclamavam da demora de algumas linhas, na noite desta terça o volume de queixas era menor. Na avenida Conde da Boa Vista os pontos de ônibus estavam com movimento tranquilo.

    Durante a manhã, 71% da frota dos ônibus esteve em circulação até as 9h, segundo balanço divulgado pelo Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros no Estado de Pernambuco (Urbana-PE). No entanto, o número descumpre a decisão judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região, que determinou 100% de operação dos três mil coletivos em horários de pico - das 6h às 9h e das 16h às 20h. Nos demais horários, o TRT determinou 50% dos veículos nas ruas.               Fonte Folha PE

    Audiência de conciliação entre rodoviários e classe patronal segue sem definição Encontro acontece na sede do Tribunal Regional do Trabalho da 6° região, no Recife

    o
    Encontro acontece na sede do TRT da 6° região
    Atualizada às 20h49

    Segue indefinida a audiência de conciliação da greve dos motoristas, cobradores e fiscais da Região Metropolitana do Recife. O encontro, que acontece na sede do Tribunal Regional do Trabalho da 6° região – órgão responsável pela mediação do processo -, teve início por volta das 16h desta terça-feira, mas depois das 21h as partes ainda não haviam chegado num acordo. O debate segue sem hora para acabar. “Se preciso, vamos levar a conciliação até a exaustão”, explicou o desembargador Pedro Paulo Pereira Nóbrega, que preside a sessão.
    Caso não haja acordo entre as partes, o magistrado informou que o processo será julgado nesta quarta-feira, quando os 19 desembargadores do TRT vão apreciar se a greve é considerada abusiva ou não. O julgamento está marcado para as 17h. “Precisamos terminar essa conciliação, pois o povo de Pernambuco, principalmente da RMR merece que seu transporte volte a funcionar regularmente. Não podemos mais viver com esse caos”, declarou o magistrado, que é vice-presidente do TRT-PE.

    Operação fiscaliza supermercados de Jaboatão

    Ação é semelhante a realizada no Recife na última quinta-feira

    Do JC Online

    Atualizada às 17h15

    Operação é realizada entre o Procon, Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Vigilância Sanitária, Delegacia do Consumidor, a Agencia de Defesa e Fiscalização Agropecuaria (Adagro) e o Instituto de Pesos e Medidas (Ipem) / Valter Andrade/PMJG

    Operação é realizada entre o Procon, Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Vigilância Sanitária, Delegacia do Consumidor, a Agencia de Defesa e Fiscalização Agropecuaria (Adagro) e o Instituto de Pesos e Medidas (Ipem)

    Valter Andrade/PMJG

    Adolescente é apreendido vendendo drogas na BR-232, em Bonança

    Foi encontrado com o menor 10 papelotes de maconha

    Do JC Online

    Um adolescente de 15 anos foi apreendido na tarde desta terça-feira (29), vendendo drogas nas margens da BR-232, em Bonança, distrito do município de Moreno, na Região Metropolitana do Recife (RMR). A polícia chegou até o menor depois de receber denúncias anônimas. 
    Cerca de 10 papelotes de maconha foi encontrado com o menino. Outra pessoa que estava comprando a droga foi presa. Os dois foram encaminhados para a Delegacia de Vitória de Santo Antão, na RMR.

    Motoristas param ônibus na Avenida Agamenon Magalhães

    Com ônibus estacionados nas ruas, passageiros enfrentam atrasos e grandes filas nos terminais

    Do JC Online

    Trânsito lento na Avenida Agamenon Magalhães / Foto: Nigro / JC Imagem

    Trânsito lento na Avenida Agamenon Magalhães

    Foto: Nigro / JC Imagem

    Após reforma, Centro de Saúde do Paulista reabre com atendimento odontológic

    Exibindo JOÃO ABIMAEL REVITALIZADO.jpgEssa é a 13ª unidade revitalizada pela atual gestão municipal

    O Centro de Saúde João Abimael, localizado na Rua Vidal de Negreiros, S/N, no bairro da Vila Torres Galvão, Paulista, será entregue à população totalmente

    SAIBA MAIS E COMPARTILHE