JOVEM É PRESA TRANSPORTANDO CRACK DENTRO DE ÔNIBUS NA BR408, NO CURADP

Mulher iria entregar o material a um homem no Terminal Integrado de Passageiros

sexta-feira, 27 de março de 2015

Morre o ator e humorista Jorge Loredo, o Zé Bonitinho

Ele estava internado desde o dia 3 de fevereiro

Morre o ator e humorista Jorge Loredo, o Zé BonitinhoO "perigote das mulheres" faleceu nesta quinta - Divulgação
PUBLICIDADE
Morreu nesta quinta (26), por volta das 6h30, o ator e humorista Jorge Loredo, mais conhecido como o Zé Bonitinho.
 
O ator de 89 anos estava internado no Hospital São Lucas, na Zona Sul do Rio de Janeiro desde o último dia 3 de fevereiro, onde ficou em estado grave.
 
Segundo boletim médico, a causa da morte foi falência múltipla de órgãos.
 
Loredo atuou como ator dividindo o banco da famosa "Praça da Alegria", na década de 70, com outros grandes humoristas como Chico Anysio, Moacyr Franco e Ronald Golias.
 
Enquanto outros já tiveram atrações próprias, Jorge sempre sobreviveu como codjuvante e seu personagem mais marcante foi o Zé Bonitinho.
 
Dono de vários bordões, como "Hello mulheres do meu Brasil varonil", e conhecido como o "perigote das mulheres", Zé Bonitinho foi inspirado em um amigo de Jorge metido a garanhão. Foi daí que o humorista pegou os trejeitos e marcas registradas, como o de cantar todas as mulheres e parar em frente ao espelho para pentear o bigode.
 
Jorge Loredo já era famoso no final dos anos 50, quando interpretava o mendigo filósofo na "Praça da Alegria". Mas somente na década de 60 se consagrou como Zé Bonitinho.
 
Foi nos anos 90, na "Escolinha do Professor Raimundo", que o personagem se popularizou em todo o Brasil e depois atuou na "Escolhinha do Barulho" e "A Praça é Nossa", onde ficou por mais de uma década e estava afastado por quase dois anos.
 
Em nota, o SBT lamentou a morte de Jorge Loredo, a quem chamou de funcionário até hoje, mesmo não gravando há um bom tempo.

Em depoimento emocionado, Carlos Alberto de Nóbrega comentou: “Para mim, Jorge Loredo foi um colega de trabalho exemplar, pois mesmo doente, ele chegava ao SBT, ia até o ambulatório para receber oxigênio e, assim que podia, fazia sua gravação. Retornava ao ambulatório para mais uma sessão de oxigênio e em seguida voltava ao Rio de Janeiro aonde residia. Respeitávamos essa atitude porque essa era a vontade dele. Loredo irá nos fazer muito falta”.

O ator e humorista deixa dois filhos.                                                                                                                    Fonte NE10

Queda de avião na França acende luz de alerta no Brasil

Empresas aéreas brasileiras não têm o costume de realizar exames psicológicos em pilotos. A carga de trabalho deles pode passar das 11 horas diárias                                                                                                                                                                      Equipe procura destroços: no Brasil, não há tratamento psicológico para os pilotos / Foto: AFP

Equipe procura destroços: no Brasil, não há tratamento psicológico para os pilotos

Foto: AFP

Após o principal investigador apontar que o copiloto do Airbus A320 da Germanwing que caiu na última terça-feira (24) ter propositadamente  iniciado  a descida e recusado-se a abrir a porta da cabine ao piloto, a discussão voltou-se para até que ponto as medidas de segurança são eficazes quando o perigo se encontra dentro da cabine de comando. Fora isso, a falta de uma lei que diminua a extensiva carga de trabalho dos pilotos no Brasil acende a luz de alerta no País. Em entrevista ao JC, o comandante e diretor da Secretaria de Segurança de Voo do Sindicato Nacional dos Aeronautas, Mateus Ghisleni, afirmou que as empresas aéreas brasileiras não têm o costume de realizar exames psicológicos em pilotos. A carga de trabalho deles pode passar das 11 horas diárias.
Um conceito desenvolvido após os ataques terroristas em 11 de Setembro de 2011 torna a cabine de comando impossível de abrir sem a permissão de quem estiver dentro. O excesso de proteção ao comandante acabou gerando uma falha quando o perigo se encontra no comando do avião?
Não acredito nisso. A possibilidade de um ataque terrorista derrubar um avião é muito maior do que a de um piloto suicida derrubar a aeronave. O que tem de ser revisto é o acompanhamento psicológico. Se você tornar possível a abertura por fora isso certamente será usado para ataques terroristas.
Esse acompanhamento psicológico não é feito?
Não tenho informação precisa de como é em outros países, mas no Brasil ele não ocorre de forma satisfatória. Cada empresa segue uma norma própria e só fazem esse acompanhamento na admissão do piloto, no caso de o piloto ter passado por algum acidente ou quando o profissional solicita.  Essa questão se agrava quando percebemos que temos no Brasil uma carga de trabalho muito extenuante.
Por que as empresas não investem nesse acompanhamento?
Não é viável economicamente. Se um piloto for diagnosticado com algum distúrbio, e são muitos hoje obrigados a voar sem condições no país, a empresa terá de afastá-lo. Isso representa custos. 
Qual é a condição de trabalho de um piloto hoje no País?
Um profissional que tem a responsabilidade de transportar centenas de vidas não pode trabalhar por 11 horas seguidas. É desumano, nenhuma outra categoria convive com tamanha tensão. Uma lei que visa regulamentar isso tramita no Congresso, mas com as investigações da Operação Lava Jato a discussão ficou paralisada. É urgente que se volte ao tema.                                                                                                                                Fonte NE10

Tubarão é capturado em Maria Farinha

Animal ficou preso em uma rede de arrasto e foi retirado do mar por dez pessoas                    WhatsApp/Cortesia

Animal corre alto risco de extinção
Um tubarão martelo de 2,90 metros foi capturado na manhã desta quinta-feira (26) na praia de Marinha Farinha, em Paulista, Região Metropolitana do Recife. Ele ficou preso a uma rede de arrasto, facilitando a captura.
Foram necessárias dez pessoas para tirá-lo do mar. O tubarão-martelo corre alto risco de extinção. O ambientalista Bruno Pantoja argumenta que os pescadores precisam ser incluídos em capacitações, para que sejam orientados a preservar as espécies em risco e diminuir a caça a tubarões.
Fonte Folha PE

Em defesa de Dilma, Silvio Costa cala oposição ao dizer que rombo em São Paulo tem o mesmo tamanho da Petrobras


O deputado federal Silvio Costa, vice-líder do governo Dilma, bateu duro na oposição no plenário da Câmara dos Deputados e ao fim de um discurso atacou os tucanos afirmando que São Paulo tem bandidos iguais aos da Petrobras, mas que eles estariam sendo tratados de forma diferente. O comentário era uma refrência direta ao escândalo do cartel de trens de São Paulo, objeto de um acordo de leniência e desvios de quase R$ 500 milhões, nos governos de Serra e Alckmion e Covas.
“Tenham vergonha na cara”, ralhou, citando teatro da hipocrisia, de tucanos e democratas. De quebra, ironizou ainda a base do Paraguai, numa referência a deputados da base que votam contra o governo.
“Eles estão acobertando o roubo de São Paulo. São todos coniventes, sem excessão. Não é a base aliada do governo, que está dando resposta à sociedade. Vamos colocar os bandidos da Petrobras na cadeia, enquanto eles da oposição vão levar pão de ló para tomar vinho com os bandidos de São Paulo”.
“Não vão derrubar a presidente Dilma, imorais”.                                                                                             Fonte Folha PE

quinta-feira, 26 de março de 2015

Polícia encontra 420 litros de cachaça artesanal em revista no Complexo Prisional do Curado

                               

Além da bebida, foram apreendidas armas brancas, celulares e drogas

                                     No total, foram encontradas 62 armas brancas. / Foto: Divulgação/Seres

No total, foram encontradas 62 armas brancas.

Foto: Divulgação/Seres

A polícia encontrou 420 litros de cachaça artesanal durante revista no Presídio ASP Marcelo Francisco de Araújo (PAMFA), no Complexo Prisional do Curado, Zona Oeste do Recife, nesta quinta-feira (26). Além da bebida, foram apreendidas facas, celulares e drogas.
Entre as armas encontradas estavam quatro facões artesanais; 17 facões industriais; oito facas artesanais; 25 facas industriais; duas foices artesanais; quatro foices industriais; e dois chuços. ambém foram pegos 26 celulares, dois chips, 19 carregadores de celular e dois pen drives.
Setenta gramas de maconha, 70 gramas de crack e 85 gramas de ácido bórico foram achados durante a revista. A polícia também pegou três usinas de produção de cachaça, em adição aos 420 litros da bebida artesanal. Os presos também estavam de posse de três teresas.

A revista é realizada pela Secretaria de Executiva de Ressocialização (Seres) e coordenada pelo superintendente de Segurança Penitenciária. Agentes penitenciários do PAMFA e do Grupo de Operações de Segurança da Seres (GOS) participaram da ação, com suporte do Batalhão de Choque, Companhia Independente de Policiamento com Cães e Companhia Independente de operações Especiais da Policia Militar.                           Fonte NE10                                                              

PREFEITO DO PAULISTA SANCIONA LEI DE DESCONTO NO ITBI

Sancionada lei que oferece desconto na negociação de imóveis em Paulista
            O prefeito do Paulista, Junior Matuto, sancionou nesta quinta-feira (26.03) a Lei 4.525/15 que oferece condições especiais para os contribuintes do município no pagamento do Imposto sobre Transmissão de Bens e Imóveis (ITBI). Agora, os proprietários de residências construídas há mais de dez anos e negociadas no mesmo período podem solicitar desconto de 50% no valor do tributo no ato da regularização junto à Secretaria Municipal de Finanças. Os interessados devem aproveitar a oportunidade até o próximo dia 31 de julho.
            O benefício será concedido aos imóveis avaliados em até R$150 mil. Em caso de avaliação superior a esta cifra, o abatimento cai para 25%. A ação faz parte da política de redução da carga tributária no município, que também inclui outras medidas em prol da população, como os descontos oferecidos no pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2015.
          As residências novas ou aquelas adquiridas recentemente não se enquadram no programa. Para contar com o benefício, os interessados devem atestar o tempo de propriedade do imóvel, através de comprovante de compra e venda, recibo, procuração ou outro meio legal. A documentação deve ser apresentada à Secretaria de Finanças, que fica na Av. Marechal Floriano Peixoto, s/n, Centro, das 7h30 às 13h30.
          O desconto oferecido atualmente pelo Fisco municipal não poderá ser cumulativo. Os valores pagos com o ITBI fora do período estabelecido pela lei não serão alvo de restituição.

Impasse em bolão da Lotofácil vira caso de polícia em Monte Alto, SP

Em 2013, aposta local ganhou R$ 1,1 milhão no sorteio da Independência.
Grupo diz que jogos foram feitos em conjunto, mas prêmio não foi dividido.                                                                                    A Polícia Civil está em fase de conclusão de um inquérito instaurado para apurar um impasse em torno do prêmio de R$ 1,1 milhão sorteado para um apostador deMonte Alto (SP) em 2013. A investigação, segundo apuração da reportagem da EPTV, surgiu com base em pessoas que disseram ter feito apostas por intermédio de um bolão, mas que o dinheiro não foi dividido.

O sorteio em questão aconteceu em setembro de 2013 e foi referente ao concurso 952 da Lotofácil da Independência. Ao todo, 66 apostas em todo o país venceram e dividiram R$ 73 milhões. Dentre os jogos com as 15 dezenas certas, um foi de Monte Alto.
Em nota, a Caixa Econômica Federal informou que o prêmio referente a Monte Alto foi retirado em Ribeirão Preto e que a instituição está contribuindo para as investigações. Também comunicou que, para quem prefere o "bolão", o mais recomendado é aderir ao programa oferecido pela própria CEF, que permite a cada apostador tem seu próprio comprovante original.
'Bolão' da empresa
Ao menos quatro moradores da localidade paulista desconfiam das circunstâncias em que o prêmio local de R$ 1,1 milhão foi retirado. Segundo o advogado Daniel Rondi, estes alegam que na época participaram de um bolão em que um colega de trabalho ficou responsável por recolher os volantes e concretizar as apostas na lotérica.
Ao todo, 30 pessoas teriam feito parte do bolão. Cada um teria pagado R$ 40 com um total de 360 jogos em 180 cartelas. “Ninguém está fazendo nenhuma acusação, nenhuma denunciação caluniosa, nenhum tipo de acusação infundada. O que esse grupo aponta à polícia são os fatos, as contradições, e solicita que o poder público investigue. Assim está fazendo a polícia”, disse.
Os apostadores afirmam que o suposto organizador dos jogos se contradisse. Depois de dizer que o grupo havia ganhado o prêmio, este teria desconversado e alegado que havia se enganado, afirma o industriário Fabiano Gonçalves de Morais.
“A gente estava contente. Ele chegou a somar quanto cada um ia receber: R$ 36,9 mil. Ele até somou quanto ele ia ganhar, porque a parte dele daria mais, porque ele pagou a mais. Ele ia receber R$ 220 mil. De repente, do nada, ele começou a falar que a gente não tinha ganhado, que ele não tinha terminado de conferir os bilhetes”, diz Morais.
Apostadores de Monte Alto querem saber como prêmio da Lotofácil foi retirado em 2013 (Foto: Márcio Meireles/EPTV)Apostadores de Monte Alto querem saber como
prêmio foi retirado (Foto: Márcio Meireles/EPTV)
Além disso, quando solicitado a mostrar os bilhetes, o colega alegou que havia perdido dois dos volantes, afirma Éder Aparecido Garbim. "A gente perguntou para ele onde estariam esses jogos e ele falou que não ia falar mais nada. Que se a gente quisesse saber deveria procurar nossos direitos."

Dilma sanciona lei que dificulta fusão e criação de partidos, mas veta 'janela'

O projeto aprovado alterou a Lei dos Partidos Políticos e estabelece que a união entre duas siglas só poderá acontecer cinco anos após sua criação                                                                                                                                                                                   Segundo justificativa da Presidência para os vetos,

Segundo justificativa da Presidência para os vetos, "os dispositivos equiparariam dois mecanismos distintos de formação de partidos políticos, a criação e a fusão"

Foto: EVARISTO SA / AFP

A presidente Dilma Rousseff sancionou com vetos a lei que dificulta a criação e a fusão de partidos políticos, aprovada pelo Congresso neste mês. Dilma vetou dois dispositivos do artigo 29 da lei, considerados por ela inconstitucionais e contrários ao interesse público, segundo publicação nesta quarta (25) no "Diário Oficial da União".
O primeiro dispositivo dizia que a fusão de siglas "dá origem a um novo partido, cuja existência legal tem início com o registro, no Ofício Civil competente da capital federal, do estatuto e do programa, cujo requerimento deve ser acompanhado das atas das decisões dos órgãos competentes".
O segundo abria uma janela para troca de siglas a políticos pertencentes a partidos que participam de fusões. "No caso de fusão, nos 30 dias subsequentes ao seu registro, detentores de mandatos filiados a legendas estranhas àquela fusão podem filiar-se ao novo partido, sem perda de mandato", determinava o texto.
Segundo justificativa da Presidência para os vetos, "os dispositivos equiparariam dois mecanismos distintos de formação de partidos políticos, a criação e a fusão".
"Tal distinção é um dos instrumentos garantidores do princípio da fidelidade partidária, fundamental ao sistema representativo político-eleitoral."
Dilma também argumenta que essas medidas "estariam em desacordo" com a Constituição e com o entendimento do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), "pois atribuiriam prerrogativas jurídicas próprias de partidos criados àqueles frutos de fusões".
LEI

PSB é condenado a pagar R$ 10 mil mensais a academia por acidente de Campos

Estabelecimento está fechado porque o prédio, que ficou bastante destruído e não pode mais ser usado, está interditado desde o acidente                                                               Justiça condenou o Partido Socialista Brasileiro (PSB) a pagar uma indenização mensal no valor de R$ 10 mil ao professor de educação física Benedito Juarez Câmara, dono da Academia Mahatma que funcionava há mais de dez anos ao lado do terreno onde, em agosto do ano passado, caiu o avião do ex-presidenciável Eduardo Campos. Sete pessoas, incluindo Campos, morreram no acidente no bairro do Boqueirão, em Santos, litoral sul de São Paulo.

Desde a queda da aeronave, em 13 de agosto do ano passado, a academia está fechada porque o prédio, que ficou bastante destruído e não pode mais ser usado, está interditado. O professor perdeu quase todos os alunos e conseguiu uma sala emprestada para trabalhar.
A decisão da juíza Natália Garcia Penteado Soares Monti, da 9ª Vara Cível de Santos, deferiu o pedido de indenização por lucros cessantes. "Entramos com a ação há menos de um mês. Ele (Juarez) é proprietário do imóvel e explorava o local com a academia, da qual é sócio. Com o acidente e a interdição, não havia mais renda. Para que a Prefeitura libere o imóvel é necessário fazer uma reforma, que vai custar R$ 1.850 milhão", diz Alexandre Ferreira, advogado de Juarez Câmara. Não foi estipulado prazo final para o pagamento da indenização.
Segundo o advogado, a ação foi ajuizada contra o PSB porque o partido fazia uso do avião, diretamente vinculado à campanha presidencial. E contra a AF Andrade porque, nos registros da Agência Nacional de Aviação (Anac), a empresa aparece como proprietária da aeronave. "Fomos procurados por outras duas pessoas que diziam ser donas do avião, mas nenhuma conseguiu comprovar com documentos. Por isso, recusamos as ofertas", explica Alexandre Ferreira.
A decisão saiu nesta segunda-feira, 24, e estipula prazo de 10 dias para o primeiro pagamento, a contar da data de recebimento da intimação pelos réus. O PSB informou que ainda não foi informado oficialmente sobre a decisão. A reportagem tentou contato com a AF Andrade, mas não houve resposta.
Na próxima semana, o advogado vai ajuizar ação em nome da Academia Mahatma, também contra o PSB e a AF Andrade, para pedir indenização por danos materiais e pela perda dos alunos.                           Fonte Folha PE

quarta-feira, 25 de março de 2015

Projeto de lei que altera salário do magistério é retirado de pauta na Assembleia Legislativa

O projeto de lei 79/2015, que tratava do aumento de parte dos professores, acaba de ser retirado de pauta na Assembleia Legislativa do Estado. O projeto estava na ordem do dia para ser votado hoje, mas sofria resistência dos sindicato dos professores. A votação acabou sendo adiada para a próxima terça (31 de março).
A deputada Tereza Leitão argumentou também que o Governo e a Alepe devem investir em uma solução negociada, e por isso é necessário aguardar a negociação marcada para a próxima segunda (30), entre Governo e professores.
A proposta já foi aprovada nas Comissões de Justiça, de Administração e de Finanças. Teresa Leitão observou que o colegiado de Educação é o principal em relação ao mérito do projeto e não seria positivo votar a proposição em Plenário antes da apreciação pelo grupo. A parlamentar saudou o adiamento da votação, agradeceu aos envolvidos e afirmou que a decisão foi boa para a Casa Joaquim Nabuco.
O recuo do governo ocorreu após articulação da comissão de Educação, de Tereza Leitão, líderes partidários como o líder da Oposição, deputado Sílvio Costa Filho, do PTB; o líder do Governo, deputado Waldemar Borges, do PSB, além do presidente da Alepe, Guilherme Uchoa, do PDT.
Mesmo sem acordo entre o Governo do Estado e o Sindicato dos Trabalhadores da Educação em Pernambuco (Sintepe), a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) planejava votar nesta quarta-feira (25) o projeto do governador Paulo Câmara (PSB) que reajusta o piso dos professores estaduais. O sindicato prometeu realizar um protesto em frente ao Legislativo estadual.
Postagens mais antigas → Página inicial